Demi Lovato na Teen Vogue


Hey! A Teen Vogue de Novembro está muito top com a lindíssima Demi Lovato na capa! A atual jurada do programa The X Factor participou de um ensaio super clean e contou várias novidades da sua nova fase. A Demi também relembrou momentos de quando passou pela reabilitação, o seu possível relacionamento com o Niall do One Direction e a responsabilidade de ser mentora de um programa mesmo sendo tão nova. Confira abaixo os scans do liiindo photoshoot e um trecho da entrevista!

Teen Vogue: Então, você hesitou quando Simon lhe ofereceu a chance de participar do The X Factor? Ou você apenas ficou completamente animada para fazê-lo?
Demi Lovato: Foi algo que não precisei nem pensar! Antes de eu receber a oferta, eu estava sentada em uma reunião me sentindo muito desencorajada [sobre a minha carreira], desejando que eu estivesse mais adiantada. E eu decidi que eu precisava parar de pensar no que eu gostaria de ter e começar a pensar no que eu teria. Eu estava pronta para algo novo, e eu queria colocar isso para fora, no universo… e então ele ligou, literalmente, uma semana e meia depois.

TV: Isso é meio assustador!
DL: É. Eu tinha nove anos quando o American Idol estreou, e eu lembro pensar, eu estava esperando esse tempo todo e trabalhando na minha carreira e agora eu estou sentada em uma bancada com Simon.

TV: E com Britney! Como ela é? Você deve ter se inspirado nela quando você estava começando…
DL: Sim, ela foi um dos primeiros shows que eu fui. Ela é incrível. Ela é um ícone que eu não sabia o que esperar, mas eu fiquei animada em descobrir que ela é muito doce e engraçada e peculiar. Nós nos divertimos muito. Nós somos as duas garotas no programa, então nós estamos sempre rindo juntas, e nós meio que temos uma a outra.

TV: Ainda assim, você ainda é um pouco jovem para ser uma mentora. Que tipo de conselhos você dará para os seus competidores?
DL: É muito mais do que ser uma cantora talentosa. Eu vou ajudá-los a se prepararem mentalmente para tudo o que está por vir, como, todas essas coisas que aconteceram comigo recentemente, eu realmente as atribuo, em parte, ao trabalho que eu tenho feito comigo mesma. No segundo que eu me tornei mais centrada e consciente de quem eu sou, as minhas performances melhoraram, e ficou mais fácil de me relacionar com as pessoas. Por muito tempo, eu estava fingindo ser alguém que eu não era, e eu era infeliz. Quando eu me abri e disse, “Eu sou humana, eu tenho problemas, mas eu estou disposta a compartilhá-los”, foi quando eu comecei a realmente me conectar. Eu comecei a trabalhar no meu quarto álbum, e eu quero fazer isso na música também. Eu estou cansada de músicas que não têm muita emoção nelas.

TV: Da maneira que você está falando sugere, algo como um álbum cheio de baladas. É isso que significa?
DL: Não. Eu amo a maneira que a Adele tem esculpido o seu caminho para uma cantora que é muito emocional, mas eu também amo como a Taylor Swift consegue fazer a mesma coisa – ela coloca muita emoção nas suas músicas e ao mesmo tempo elas continuam sendo muito ‘chicletes’. Eu diria que eu estou cansada de todo o dubstep que está na rádio agora – eu acho que estará fora em dois meses. Eu quero fazer algo que as pessoas irão escutar por um tempo, ao invés de algo que apenas estará na moda. Eu sinto que eu cresci como pessoa, e eu quero que a minha música cresça comigo.

TV: Há dois anos, você deixou uma turnê e foi para a reabilitação. O que você está fazendo agora para se assegurar que você permaneça saudável?
DL: Obviamente, eu durmo, como direito, me exercito, e medito. E até quando eu estou filmando ou em turnê, eu mantenho a minha rotina. Eu sei que eu não posso perder as minhas consultas de terapia ou as coisas ficarão um pouco mais difíceis, então eu sempre coloca a minha recuperação em primeiro lugar.

TV: É difícil para você ficar bem em ter que dizer ‘não’ para coisas?
DL: É algo que eu tive que aprender. Eu sempre trabalhei muito duro, e muitas das oportunidades que eu tive eram animadoras. Mas eu ainda sou grata por ter começado a trabalhar tão cedo, porque eu sonhei com isso por muito tempo, e talvez eu não teria as mesmas oportunidades se tivesse esperado.

TV: O que você gosta de fazer quando você não está filmando, em turnê, ou gravando?
DL: Eu estou constantemente ocupada, mas eu me certifico de passar muito tempo com os meus amigos e a minha família. Eu fiz meio que uma ‘limpeza’ nos meus amigos após a reabilitação, na qual eu deixei de lado pessoas que não tinham meus melhores interesses no coração. Agora eu tenho amigos que me amam por quem eu sou e não se importam com o que eu estou fazendo. A maioria deles não está na indústria. Alguns deles nem sabem as minhas músicas!

TV: E mesmo assim, você ainda têm alguns amigos na indústria. Por exemplo, existem alguns rumores sobre você e Niall Horan da One Direction.
DL: Ele é um cara realmente incrível e doce. Mas ele não é meu namorado… Eu estou em um momento agora no qual eu realmente preciso focar em mim mesma. Obviamente, eu vou continuar gostando de pessoas – ou amando – mas eu preciso não estar em um relacionamento por um tempo porque eu preciso ficar bem por estar sozinha, primeiro. Eu estou realmente feliz agora. Eu nunca pensei que era possível ser feliz devido ao quanto eu fui depressiva a minha vida inteira. Mas eu me sinto muito bem. É como eu estivesse vivendo em um sonho.

Créditos: Demi Lovato Brasil

Quem também acha que a Demi está mais diva do que nunca?

Anúncios

3 comentários sobre “Demi Lovato na Teen Vogue

Comente aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s