Diário de Viagem Chile: Must See na capital

Processed with VSCO with c1 preset

Nos próximos dias da nossa viagem ao Chile conhecemos muito mais de Santiago! A quantidade de locais incríveis para tirar foto e desfrutar o melhor da capital chilena é bem grande, por isso compilei os must sees de dois dias por lá! As fotos ficaram lindas e espero que elas, juntamente com os relatos, transmitam a beleza desse lugar <3

Como comentei no final do primeiro post, fechamos alguns passeios turísticos com a empresa Turistik (bem conhecida e recomendada), para facilitar nossas idas em atrações turísticas. O primeiro deles foi o tour pela cidade no ônibus estilo Hop On/Hop Off (passa em diversos locais e você pode sair e tirar foto e depois pegar o próximo). O serviço é muito indicado e realmente facilita as visitas indispensáveis de Santiago. Se eu não me engano, o ônibus passa em 11 lugares, e como dentre eles já tinham locais que visitamos no dia anterior (como as praças famosas, o shopping costanera e o parque arauco), nos focamos em descer em locais novos para descobrir mais da capital chilena! Minha opinião pessoal é de que esse serviço vale mais a pena quando seu tempo em Santiago é curto e você quer visitar o máximo de locais possíveis. Lógico que tivemos uma boa experiência, mas como passamos sete dias lá, retornamos em muitos dos locais do trecho do ônibus, só que usando o metrô (que é muito tranquilo e a passagem custa aprox. R$3,00). Como o passeio do Hop On/Hop Off custa quase R$100,00 por pessoa, acredito que seja mais proveitoso quando a estada na capital é mais curta! De qualquer forma, como o ônibus roda a cidade inteira, você consegue ter uma visão bem completa de lá! :)

Processed with VSCO with c1 preset

Processed with VSCO with c1 preset

Processed with VSCO with c1 preset

Como acontece em diversos locais do mundo, Santiago também possui muitas atrações turísticas que possibilitam uma visão bem ampla da cidade. Nos nossos dois dias de viagem desse post nós passamos por três pontos que resultaram em fotos lindas da paisagem da capital. O primeiro deles foi o Funicular (tipo um bondinho) que nos leva até o Cerro San Cristóbal, sendo que o acesso até esse Cerro pode ser feito com esse bonde, de carro, a pé, ou com bicicleta. Pegamos uma fila meio grandinha (ou será que por estarmos embaixo do sol tudo parece demorar mais? rs), mas valeu a pena esperar pois a subida pelo funicular é bem legal!

O Cerro San Cristóbal é o segundo ponto mais alto da cidade, fica a 880m de altura, e é uma visita muito recomendada por quem passa por Santiago! Lá em cima a vista é incrível e tem algumas igrejas e outros locais que resultam em lindas fotos! O acesso ao Cerro pelo funicular é pago, mas o preço não passa de 15 reais, então o passeio vale a pena!

collage2

Processed with VSCO with c1 preset

Nossa próxima parada foi o Pátio Bellavista, um centro que reúne muita gastronomia (restaurantes de todos os estilos, desde Starbucks/McDonald’s até Steakhouse) e lojas com artesanatos típicos. Gente, que lugar mais lindo! Tudo é muito colorido, espaçoso e com inúmeras opções para comer (comida é uma coisa que me atrai, sabe hahaha). O local fica com um bom movimento de dia, mas é de noite (nós retornamos lá para jantar) que fica super cheio! E cheio tipo até umas 2h da manhã mesmo em dias de semana, por isso para quem viaja e quer curtir a noite na capital, o Pátio Bellavista é must go!

Relato chato mas dica aos próximos: Para o nosso jantar lá no Pátio, fomos e voltamos de táxi, mas infelizmente tivemos uma experiência péssima na volta. O taxista cobrou muito a mais na corrida (comparamos com a ida e realmente estava MUITO a mais, ainda que estivesse em bandeira 2), por isso podemos dizer que o taxista passou a perna na gente (já não gostava de taxista, agora então..). Como saímos muito tarde do local, entramos no primeiro táxi que estava na porta, por isso fica a recomendação: peça pra alguém do restaurante chamar um táxi ou chame um Uber, ou simplesmente dê uma olhada cuidadosa no carro para ver se realmente é de uma empresa de táxi confiável no local! Pelo que passamos, nos questionamos se aquele cara realmente era taxista, sabe? Mas enfim, coisas como essas acontecem, porém fica de alerta para quem viajar pra Santiago!

Processed with VSCO with c1 preset

Processed with VSCO with c1 preset

Nosso outro ponto turístico visitado no dia foi o Museu de Bellas Artes (também rota do ônibus Hop On). O acesso é gratuito e várias exposições ocorriam por lá, por isso vale a visita para um momento bem cultural da sua viagem, né? Só fomos em uma exposição, que era bem pequena, mas pela foto da fachada já dá pra ver que várias coisas rolavam dentro do museu! Próximo a ele fica uma feirinha de artesanatos, alguns locais para comer e até uma faculdade, por isso o movimento de jovens é constante!

picmonkfhgkey-collage

Processed with VSCO with c1 preset

No nosso terceiro dia também resolvemos observar a cidade lá de cima, só que agora em um ponto diferente! Fomos ao Sky Costanera, um observatório que fica dentro do shopping Costanera, e que permite aquela view de Santiago (foto acima para confirmar, hehe). O ingresso também é de boa, mas cabe lembrar que nas quartas-feiras ele é mais barato, hehehe, e o passeio é muito legal! A guia do observatório era muito fofinha (ela era brasileira!) e explicou para o grupo um montão de coisas sobre a cidade, foi bem interessante mesmo! Must go, must see, must tudo quanto a esse lugar! :)

Processed with VSCO with c1 preset

00

Processed with VSCO with c1 preset

E para fechar o post de hoje, também visitamos outro local que nos permite desfrutar a paisagem chilena (só que não tão intensamente quanto as outras acima, hehe). Subimos ao Cerro Santa Lucía, localizado bem no centro de Santiago, sendo uma visita para quem gosta de caminhar! São vários morrinhos, escadas bem íngremes, mas tudo com muitos atrativos em volta! Como as viagens da minha família são cheias de caminhadas, mais uma como essa foi bem normal, hahaha. Esqueci de tirar fotos lá em cima, mas o caminho recheado de flores rendeu várias fotos lindas, né? :) (Obs: a foto dos sorvetes é de uma loja do shopping Costanera!)

Diário de hoje: DONE! Do que mais curtiram? :D

Obs: no primeiro look a cropped é da Asos Petite, a calça pantacourt é da Dress To para C&A e as sandálias são Melissa. No segundo look a jardineira é da ZARA, a blusa da Forever 21 e tênis Anacapri.

To be continued ✈

Anúncios

Diário de Viagem: Campos do Jordão #2

Processed with VSCOcam with c1 preset

E chegamos ao segundo dia em Campos do Jordão! Yay! Nesse dia nosso roteiro contou com visitas a outros pontos turísticos da cidade (passeamos de trenzinho, hahaha) e várias caminhadas para curtir a viagem do jeito que eu mais gosto, a pé. O dia estava lindo e a temperatura bem fresca, por isso tivemos como resultado mais fotos super legais! Sem dúvidas, cada uma delas será parte de uma ótima lembrança que foi essa trip :)

Começamos nossa programação com um passeio de trenzinho pela ruas de Campos do Jordão. As empresas que fazem esses “mini tours” costumam ficar todas perto da área do teleférico, e é de lá que os trenzinhos saem. O que nós escolhemos custou 25 reais (por pessoa) e a duração foi em torno de 1h e pouco. Apesar de passeios de trenzinho serem opções bem “muitos anos atrás”, eu adorei demais o tour que fizemos! Como eu havia dito anteriormente, eu e o Lu não estávamos de carro, então as visitas a locais que não estavam perto do centro ficaram um pouco comprometidas. Por isso a visita guiada acabou sendo uma ótima opção, e além disso o guia do trenzinho era muito engraçado!

Processed with VSCOcam with c1 preset

Processed with VSCOcam with c1 preset

Processed with VSCOcam with c1 preset

Processed with VSCOcam with c1 preset

Processed with VSCOcam with c1 preset

No rolê do trenzinho passamos por alguns pontos de Campos do Jordão que são famosos pelos restaurantes e pousadas. Também chegamos a uma área mais alta para poder observar outras regiões da cidade que tem bastante história e características peculiares. Quanto à primeira parada, essa foi na cachoeira Ducha de Prata. Lá, pudemos tirar algumas fotos e conhecer o local. Não é nada óoo, mas para uma passada rápida vale a pena parar para fazer uns clicks com a câmera, hehe.

A última parada do passeio foi uma loja de chocolates local. Lá acontecem algumas degustações e a galera que participa do tour já aproveita pra iniciar os trabalhos de compras de chocolate do dia, hahah. Quanto a isso, vale lembrar que chocolate em Campos do Jordão é doce mas o preço é salgado tá, haha. De qualquer forma, sair de lá sem comprar esses doces não é permitido! Tem que se entregar ao destruidor de dietas, hihi.

Processed with VSCOcam with c1 preset

Processed with VSCOcam with c1 preset

Processed with VSCOcam with c1 preset

Nesse dia eu e o Lu não almoçamos porque tomamos café da manhã mais tarde, e no caso, a refeição foi bem reforçada, haha. Aproveitamos para já emendar a programação com uma caminhada pela cidade até o Museu da Xilogravura, outro ponto turístico. A chegada acabou demorando porque as paisagens estavam muito lindas durante o caminho e foi inevitável dar aquelas paradinhas pra fotos, haha. Pudemos observar detalhadamente as construções e os cenários naturais da cidade, tudo muito lindo e com jeito bem europeu.

Processed with VSCOcam with c1 preset

Processed with VSCOcam with c1 preset

Processed with VSCOcam with c1 preset

Processed with VSCOcam with c1 preset

A Casa da Xilogravura faz parte dos vários pontos turísticos que são visitados em Campos do Jordão. Nada mais é do que um adorável museu, contendo diversas obras e explicações sobre como funciona a Xilogravura (ou xilografia). O ingresso custou 6 reais e o passeio foi muito bonitinho, sério. Lógico que não é um museu requintado, pelo contrário, tem muito aspecto de interior, mas a visita foi legal pois eu não sabia quase nada sobre o processo de criação da xilografia, haha. Uma coisa legal foi a parte que mostrou sobre literatura de cordel, isso eu aprendi no 3º ano do Ensino Médio então não boiei uhuuu, hahaha. No geral eu achei bacana, pois a técnica da xilogravura é bem interessante e as obras são muito lindas e bem feitas! Curti!

Processed with VSCOcam with c1 preset

Processed with VSCOcam with c1 preset

Processed with VSCOcam with c1 preset

OTBL1399

Processed with VSCOcam with c1 preset

Do museu fomos caminhando até a fábrica de chocolates Araucária, típica da cidade (o celular tinha acabado a bateria, então não tirei foto, mi..) A fábrica não é muito grande não (é bem pequena pra falar a verdade, rs), mas como é de lá que todos os chocolates são distribuídos, foi legal dar uma olhadinha no local. Além de um pequeno museuzinho sobre a Araucária, é possível dar uma conferida na parte interna da fábrica e depois se deliciar com os chocolates que ficam disponíveis na loja. E lá também tem foundue com frutas, hmm.

looks

Saindo da Araucária, continuamos curtindo as ruas de Campos do Jordão até voltarmos para Capivari, aonde saímos para comer a noite (depois de dar uma descansadinha né heheh, pernas pra que te quero!!). O nosso destino para jantar foi uma grande incógnita, para resumir, haha. Deixamos para comer foundue nessa última noite de despedida e como havia tantos restaurantes com essa opção de prato, foi muito difícil escolher um com a certeza de que seria digno de jantar de despedida. Bom, ficamos entre dois mas acabamos optando por um que se chama Villa Gourmet. Gostamos bastante do ambiente, era bem romântico, e a música também era ótima. A sequência de foundue, que foi nosso desejo da noite, era composto por foundue de queijo, carnes e chocolate como sobremesa (R$ 75 por pessoa)  Ah, eu já tinha dito no outro post que eu nunca tinha comido foundue? Pois é, foi a primeira vez que comi…E AMEI. Que coisa gostosa, jesus! haha. Definitivamente a última noite em Campos do Jordão foi incrível em todos os aspectos, tanto que por coincidência absurda tocou no restaurante uma das músicas que eu e o lu consideramos como “músicas do nosso namoro”, que era crash into me do dave matthews band, haha. Fofis <3

E assim foi nossa despedida de Campos do Jordão! No dia seguinte demos mais uma passeadinha até dar a hora da saída do ônibus (12h) e aproveitamos pra comprar mais uns chocolatinhos, docinhos, hehehe. Como saímos na sexta, pudemos perceber o quanto a cidade já estava lotando (fim de semana, né). Por isso confesso que gostei mais de ter ido no meio da semana, pois assim CJ não ficava lotado demais. Mas de qualquer forma, vazia ou cheia, a cidade não deixa de ser maravilhosa! Em resumo: quero voltar! :D

Espero que tenham gostado de conhecer/conferir um pouquinho da minha viagem pra Campos do Jordão! Nos próximos dias da trip, fomos pra São Paulo e fizemos um verdadeiro tour gastronômico! hahaha. Mais diário vem aí…

Beijos e até mais :*

 

Diário de Viagem: Campos do Jordão #1

Processed with VSCOcam with c1 preset

Apesar das férias do meio do ano serem curtinhas, é possível aproveita-las dando um até logo para aquele estresse chato que o semestre da faculdade/escola nos proporciona, não é? Bom, e para mim a melhor maneira de dar aquela relaxada é fazendo uma viagem! E para vocês?

No meio do ano não costumo fazer viagens longas (essas ficam mais pro final do ano), e assim como no ano passado, meu destino para a viagem de julho desse ano foi São Paulo! Dessa vez, no entanto, eu e meu namorado escolhemos a cidade Campos do Jordão para passarmos 3 dias, e a capital paulista para os 4 seguintes. Se foi legal? Ô se foi! E agora que a trip passou *chora*, sinto que vai ser divertido fazer um diário dela por aqui!

Acredito que a maioria das pessoas que vai para Campos costuma ir de carro para melhor se locomover pela cidade. Mas como também acredito que a maioria dos casos rola pra quem já mora no estado de São Paulo, eu e o Luiz, que somos de Brasília, fomos de avião para SP e de lá pegamos um ônibus para a cidade de Campos do Jordão. A empresa que utilizamos chama Pássaro Marron, e pelo que vi é uma das únicas (ou a única?) que faz esse trecho de SP-Campos. O percurso é tranquilo, dura em volta de 3h pois tem parada em São José dos Campos, e tem inúmeras passagens todos os dias para melhor se adequar a programação do visitante!

Eu e o lu chegamos por volta das 15h na cidade, a tempo de pegar o chá da tarde da pousada que nos hospedamos. Inclusive, foi a partir daí que começou a comilança sem fim, hahaha. Apesar de Campos do Jordão ter fama por temperaturas muito baixas, não pegamos nada abaixo de 0ºC, e o Luiz ficou bolado porque queria um frio daqueles, haha. Eu, por outro lado, achei bom não termos pegado um clima absurdamente frio pois as roupas que levei não foram o bastante para me esquentar nas saídas da noite! haha. De qualquer maneira, muito frio ou não, a cidade estava num friozinho gostoso (mínima de 6ºC, máxima de 20ºC), o que já foi o suficiente para nos proporcionar uma ótima viagem cheia de fotos legais! :D

Enfim, chega de introdução e vamos para os pontos visitados!

Para os que já conhecem Campos do Jordão, falar no bairro de Vila Capivari não é novidade. Esse é o principal ponto turístico a ser visitado por quem passa pela cidade (para os que fazem bate e volta de carro, é o local que costuma ser curtido durante a tarde do passeio). Lá estão reunidos diversos restaurantes, lojas e boutiques, quiosques de vinhos, crepes, churros, fondue de chocolate e outros alimentos, além de ser rodeado por construções com arquitetura estilo germânico, a marca da cidade. Resumindo: visitou Campos do Jordão, tem que passear pela Vila Capivari!

Como não estávamos de carro, eu e o lu nos hospedamos em uma pousada que ficava em Capivari, assim as idas para o centrinho seriam mais práticas. Na noite que chegamos comemos uma pizza muito gostosa em um restaurante chamado Maná. Antes que já me perguntem por que eu fui comer pizza em um local famoso pelos fondues, já digo: deixamos essa refeição para a última noite, hahaha, tipo para fechar com chave de ouro! Então no primeiro dia ficamos com a pizza mesmo, e eu super recomendo o restaurante (que inclusive, como 90% dos restaurantes de lá, possuía fondues no cardápio!).

Processed with VSCOcam with c1 preset

Processed with VSCOcam with c1 preset

Processed with VSCOcam with c1 preset

Processed with VSCOcam with c1 preset

Processed with VSCOcam with c1 preset

Processed with VSCOcam with c1 preset

No nosso primeiro dia (inteiro, rs), em Campos, fomos andando pela Vila Capivari (que fica animada de dia mas é cheia mesmo à noite!) até a principal “atração” turística da cidade, o teleférico do Morro do Elefante. Muito legal para ter uma visão lá de cima de Campos do Jordão e observar como as casinhas são todas no estilo europeu, com telhados inclinados. A subida costuma durar uns 5 minutos, e lá no topo dá pra tirar mais algumas fotos legais em frente a paisagem. Além disso tem um mini “parquinho” dos elefantes, fofo para tirar foto. Eu e o lu definitivamente botamos a gopro no modo de captura infinita! hahaha.

Processed with VSCOcam with c1 preset

Processed with VSCOcam with c1 preset

Processed with VSCOcam with c1 preset

Processed with VSCOcam with c1 preset

Processed with VSCOcam with c1 preset

Para almoçar, escolhemos um local que, além das recomendações que recebi, de cara já se mostrou ser um point da Vila Capivari! haha. É o pastelão do Maluf (sim, o político, rs). E é pastelão meeesmo, tem 30cm de comprimento e é generosamente recheado com infinitas sabores. Como eu sabia que ia ficar super pesado, pedi um recheio mais de boa, mas claro que mesmo assim o Luiz que terminou o meu pastel né, hahaha. Eu bem que queria terminar, pois estava delicioso, mas não dava mais não, sério! hahaha. Resuminho da ópera: tem que comer o pastelão povo!!! (dá só uma olhadinha no tamanho)

Processed with VSCOcam with c1 preset

Processed with VSCOcam with c1 preset

Outro ponto que visitamos de tarde foi o Borboletário Flores que Voam. Vou ser sincera e dizer que esse passeio poderia ter sido dispensado (aka não voltaria). No nosso caso, pela distância (pagamos uma nota em táxi) e o passeio não é láaa essas coisas não, e é pago. Acho que é mais bonitinho para crianças, porque eu como adulta só penso no dinheiro que to gastando e se tá valendo a pena, hahahaha. De qualquer forma, consegui que umas borboletas pousassem no meu dedo, isso foi legal..rere. Decidimos ir lá pois vimos no Trip Advisor, mas acho que só vai mesmo quem está de carro próprio, visto que o nosso táxi era o único de lá e teve que ficar esperando a nossa visita para depois retornarmos à Capivari (o taxista desligou o taxímetro durante a espera, can I get an amen????).

Após os nossos passeios de dia e o cochilo merecido da tarde (com licença, to de férias), saímos para jantar a noite na Vila Capivari. Dessa vez nossa opção foi um restaurante chamado Mountain Club, que também recomendo pois a comida estava bem gostosa e os preços não eram tão salgados como os da maioria dos restaurantes de lá. Ah, mas cabe lembrar que uma sugestão de local para comer em Campos do Jordão (uma das atrações turísticas da cidade), é a cervejaria Baden Baden (foto de baixo). É bem badaladinha e, obviamente, ótimo destino para quem quer tomar cerveja ;D (obs: eu e o lu não bebemos cerveja, haha, por isso só passamos por perto do local mesmo).

Processed with VSCOcam with c1 preset

oljae

E o primeiro dia foi isso! Como a passagem em Campos do Jordão é curta, tentamos curtir ao máximo os momentos na cidade. No dia seguinte fizemos várias outras coisas e passeamos por outros locais legais (não me arrependi de nenhum, inclusive, haha), e tiramos muitas fotos bonitas, uhu! Espero que tenham gostado desse post e estejam ansiosos para ler os próximos do DDV:)

Beijus e se cuidem :*

Ps: Gostaria de receber um feedback de vocês leitores quanto aos Diários de Viagem. Sempre tento contar as informações detalhadamente e ao mesmo tempo não escrever uma bíblia aqui, por isso seria legal se vocês comentassem se o estilo do post está legal, se tá tendo informação demais (ou muita foto) e está cansativo. Se tá divertido, se tá chato, essas coisas. Sério, isso ajuda muito, então você leitor/leitora fantasma, vê se aparece aí ein! hihi.

 

Diário de Viagem: Los Angeles – UCLA, City Walk e despedida

IMG_3984

Aah, chegamos ao último DDV da Califórnia! Encerramos a nossa viagem fazendo passeios por outros pontos de Los Angeles, que foram a UCLA (University of California, Los Angeles) e Universal City Walk. O último dia sempre é cheio de tristeza por causa da despedida, né? haha. Mas aproveitamos ao máximo nossas últimas horas na cidade e registrei várias fotos legais para postar aqui!

Antes disso, tenho que contar A zica da viagem. Normalmente nossas viagens para o exterior sempre recebem uma ziquinha sabe (ou ficamos perdidos, ou temos que parar numa cidade desconhecida na Alemanha..) e no caso dessa, recebemos uma multa de trânsito! Pois é..Estávamos de carro alugado, como havia dito lá nos primeiros DDVs, e os estacionamentos de Los Angeles são cheio de avisos quando pode ou não estacionar. Inocentemente, paramos o carro numa vaga perto de uma placa “Permit Parking” e fomos tomar café da manhã no Dennys. Quando voltamos..olha a multa lá no vidro! O permit parking na verdade era “permissão” para estacionar..burrice nossa! A multa era de 50 dólares mas isso era o de menos. Como o carro era alugado nós ainda iriamos pagar uma outra multa da locadora. Para fugirmos desse preju TOTAL por um erro inocente nosso, passamos em mil lugares, tipo num detran, depois no departamento de polícia e tudo mais. A história é meio longa mas vou resumir dizendo que conseguimos fazer com que retirassem a multa. Uhu mané!!! A felicidade era tanta que quase rolou selfie da familia no departamento de polícia! kkkkkk

IMG_3986

IMG_3970

IMG_3978

IMG_3983

IMG_3999

IMG_3980

IMG_4014

IMG_4008

IMG_4013

Após nossa aventura de fim de viagem, fomos conhecer o campus da UCLA para sentir o estilo das universidades americanas (desculpa, sou de humanas e não fiz ciências sem fronteiras portanto campus de universidade americana pra mim era só em filme mesmo hahaha). Eu não lembro que dia que visitamos o local, mas estava beem tranquilo, com alguns estudantes andando, outros na biblioteca e outros fazendo prova também (fim de ano né). Aproveitamos para tirar fotos e ficar admirando a beleza do local porque tudo era realmente lindo! O sol de fim de tarde também ajudou a deixar as fotos com um aspecto bonito. Eu adorei fotografar a UCLA :)

IMG_3960

IMG_3961

IMG_3951

IMG_3956

IMG_3958

IMG_3955

No fim do dia passeamos na Universal City Walk, que é tipo IGUAL a de Orlando. Ver as pessoas deixando o parque da Universal Studios me deixou com uma saudadezinha daquelas de ir nesses parques de diversões! hehe. Além disso, a City Walk é super animada, colorida e cheia de restaurantes e lojas legais. Uma dessas lojas é a It’s Sugar, que é gigantemente repleta de produtos diferentes e criativos! Não me contive e fotografei alguns cantos da loja..hehe.

Aqui estou eu encerrando mais um DDV no blog. Fico muito feliz em poder ter a oportunidade de viajar para lugares bem legais e compartilhar tudo aqui para quem quer matar a saudade de um local que foi, está planejando uma viagem ou simplesmente quer apreciar as minhas “aventuras”, hehe. Espero que tenham curtido os posts e sentido o quanto eu amei viajar para a California. Espero que tenha uma próxima vez!

Beijos e até mais :*

Diário de Viagem: Los Angeles – Warner Bros. Studios

IMG_3802

Los Angeles é popularmente conhecida como o local aonde as celebridades vivem. Não é a toa né? A cidade californiana é cheia de estúdios de filmes, séries e outras produções, por isso os atores costumam morar lá por perto. Entre tantas locações famosas, um dos estúdios mais procurados e famosos de LA é o da Warner Bros, produtora americana que sem a menor dúvida já teve alguma produção assistida por você. Pois bem, escolhemos uma tarde de domingo para visitar os estúdios e conhecer diversos lugares onde foram gravadas cenas de sucessos como Friends, Pretty Little Liars, Big Bang Theory e ainda ter acesso à itens usados em vários filmes famosos como Batman e Harry Potter.

Bom, como é um passeio muito legal e obviamente é ponto turístico para quem está em LA, não se preocupem porque eu não vou simplesmente contar tudo que é dito no tour e estragar a ida de outras pessoas né, haha. Além de serem muitas informações ditas pelo guia, várias exposições mudam com o tempo e trazem atrações novas para os visitantes. Ah, e claro, com novas séries estreando e filmes sendo gravados, o passeio sempre terá locações novas para conferir! Realmente imperdível! :)

IMG_3803

IMG_3822

IMG_3819

Começamos nosso tour assistindo a um vídeozinho sobre a Warner, uma verdadeira compilação de grandes sucessos da TV e do cinema que deixaria qualquer um arrepiado e doido para iniciar logo o passeio (pelo menos foi assim que eu fiquei!! hehe). Depois do vídeo pegamos um carrinho com o nosso guia (o grupo devia ter umas 12 pessoas) e fomos conhecer as locações. Como fizemos o tour no domingo, o acesso às locações foi bem mais fácil, pois nesse dia não tem gravação nos estúdios. Eu sei, eu também pensei que teria sido bem melhor visitar em um dia de semana, vai que eu vejo alguém famoso?? Perguntamos pro guia como eles fazem o tour quando as locações estão sendo usadas, e ele disse que o tour acaba não passando por vários locais para não atrapalhar as gravações, principalmente nas locações internas. Ou seja, você passa muuito longe dos famosos e acaba não podendo visitar lugares imperdíveis. Então o fim de semana é a melhor opção (segundo o guia) para fazer o passeio! Se demo bem

IMG_3808

IMG_3814

Passamos por várias locações e o guia não parava de falar um segundo, era informação demais! Cada espacinho que visitávamos já havia sido locação de inúmeros filmes, tanto antigos quanto novos (tudo é muito reaproveitado). Vimos prédios usados no filme do Máscara, Argo, Homem-Aranha e até de clássicos como Casablanca. Ah, apesar do Homem Aranha ser da Sony, eles utilizaram cenários dos estúdios da Warner e o guia contou uma curiosidade sobre as filmagens do famoso beijo do Homem Aranha e da Mary Jane. Como a chuva cenográfica é muito mais intensa que uma chuva de verdade, toda vez que o Tobey Maguire ficava de cabeça pra baixo e tinha a máscara desenrolada, ela ficava completamente encharcada de água e incomodava bastante. Por isso resolveram colocar algodão no nariz dele para não continuar incomodando, mas por causa disso a máscara só podia se desenrolar até a boca porque senão ia mostrar o algodão no nariz dele. Resumindo, mesmo o beijo sendo marcante, parece que foi uma verdadeira tortura gravá-lo! haha.

Toda vez que o guia falava sobre Friends eu já ficava tipo ASKDHJDSHF, então fiquei bem atenta às informações da minha série favorita! Naquela foto ali de cima em que eu estou sorridente num beco, era porque esse bequinho (que não parece ter nada de especial) foi onde a Rachel e a Monica cochicharam sobre o Van Damme no episódio “Aquele depois do SuperBowl” da 2ª temporada. Antigo, mas marcante. Quem lembra da Monica pedindo pra Rachel ir falar com o Van Damme que uma amiga dela estava afim dele e no final acabou que ele queria era a Rachel? haha.

IMG_3816

IMG_3834

IMG_3818

IMG_3823

IMG_3826

Pelas fotos que vocês viram acima, já deu pra perceber que uma série que visitamos muitas locações foi Pretty Little Liars. Fiquei um pouco chateada por ter parado de ver na 3ª temporada porque acabei me esquecendo de vários locais da série, mas ainda bem que o guia recordou a gente, hehe. Passamos por vários lugares de Rosewood, como a escola onde as meninas estudam, a igreja, a casa da Emily e o Applerose Grill. Só entramos na casa da Emily e no Applerose Grill, e as locações estavam todas vazias. Ah, como eu disse lá em cima, eles reaproveitam muita coisa dos estúdios né, mas nunca imaginaria que certo cenário de Pretty Little Liars teria sido também cenário de uma das cenas mais famosas de Friends. Pois é, o guia contou (e mostrou pra gente) que a casa da Emily foi onde gravaram o vídeo da formatura de Friends (episódio da 2ª temporada, aquele com o vídeo da formatura), em que eles encontram um cassete antigo e assistem a gravação do pai da Monica no dia da formatura dela e da Rachel. Se vocês lembrarem bem, a cena se passa em uma sala e em uma escada, sendo essa aonde o Ross desce para (tentar :( ) levar a Rachel na formatura. Olha a gente ali na escada!! :D (saí 40kg mais gorda nessa foto mas postei em face da importância do local)

IMG_3829

IMG_3830IMG_3831

A novidade do nosso tour foi conhecer as locações onde gravaram a versão nova de Full House, o Fuller House! A série vai estrear na Netflix no final de fevereiro e está sendo muito aguardada por quem era fã da versão antiga (eu assistia!!). Os cenários estão novinhos e a gente já vai poder conferir eles nos episódios que estrearem em fevereiro. Ah, mas quem tá lendo o post agora já vai ter um gostinho do ambiente da série antes dela começar! ;D

IMG_3839

IMG_3853

IMG_3840

IMG_3857

IMG_3844

Ah, como eu queria que meu namorado estivesse lá nesse passeio! Entramos em um prédio cujo primeiro andar estava todo cheio de coisas dos filmes do Batman! Em homenagem aos 75 anos do herói, os visitantes do tour podiam conferir os figurinos e objetos utilizados nos principais filmes (e logo depois os carros também!).

IMG_3868

IMG_3869

IMG_3881

Sabe aquela coincidência absurda? Lógico que eu estava animada em conferir os utensílios preservados dos filmes do Batman, mas deixei escapar um “Ta bom de Batman, podia ter de algum filme que eu gosto tipo Harry Potter”. Hahaha, e não é que teve? O andar de cima era dedicado somente aos figurinos e objetos dos filmes do HP! E eu enrolando lá embaixo..

IMG_3883

IMG_3911

IMG_3885

Nossa próxima passagem no tour foi o estúdio de The Big Bang Theory (stage 25). Lá dentro não pode tirar foto nem gravar (</3) mas confesso que é até bom para a visita não ficar toda de fácil acesso. Mas sério, os estúdios são muuito pequenos! Vimos todas as principais locações, a sala do apartamento do sheldon, o ap da penny, a loja de quadrinhos, o corredor com o elevador quebrado. Tudo é bem pequeno e discreto e nós ficamos aonde a platéia normalmente fica para assistir o show. Vocês sabiam que pra assistir a gravação é de graça? O problema é a disputa pelos ingressos, mas o guia disse que se você pedir o seu com muita antecedência dá pra ir tranquilamente..Talvez na próxima ida à LA? hehe.

Ah, no passeio ainda vimos alguns cenários que são desmontáveis, como o quarto do leonard de the big bang theory. Também chegamos a ir na porta do estúdio da Ellen, mas não é aberto para visitas. O guia mostrou vários objetos que são utilizados naquelas brincadeiras que ela sempre faz no programa, e também disse que vai tudo pro lixo depois. Eu brinquei sugerindo que eles mandassem para a minha casa..hehe.

De lá passamos por uma exposição dos carros usados nos filmes do Batman, que sério, andam de verdade, não são de mentirinha! hehe. Também dei uma boiada de levs nessa parte porque não conheço todos os filmes, mas pelo menos aproveitei pra tirar foto do carro que vai aparecer no Batman X SuperMan esse ano! huehue

IMG_3914

IMG_3915

IMG_3920

IMG_3930

IMG_3932

IMG_3936

Pra finalizar o tour com chave de DIAMANTE, passamos por um espaço dedicado ao seriado mais amado de todos os tempos (com licença se você não pensa assim) que é Friends! Lá tem um Central Perk de verdade pra você tomar um cafézinho! Dica: nós não queríamos tomar nada mas vimos que os copinhos de lá eram customizados de Central Perk, então pedimos só água (water from the tap, que é de graça) e eles deram ela no copinho bonitinho pra gente, huehue. A parte mais legal é tirar foto no Central Perk que eles recriaram nos estúdios. Mais de 10 anos do término da série e ela ainda continua sendo amada por todos <3

Ai gente, desculpem pelo post gigantotesco, mas é que queria compatilhar pelo menos um pouco de cada parte do passeio. Lógico que faltaram muitas coisas ainda, mas aí fica de convite para quem vai visitar Los Angeles futuramente!! Se eu lembrar de mais curiosidades do passeio eu conto depois em outras postagens hehe.

Curtiram o post?? De que parte do tour vocês tem mais vontade de visitar? E caso vocês já tenham ido no tour, qual parte foi sua favorita? :D

Beijos e até mais

to be continued ✈